sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Corola

Sinto que as pétalas
São iguais as ninfas
Macias, cheirosas
E doces como mel!

E pelo caminho fui guiado
E uma bela flor encontrei
Com dedos a toquei
E com meus lábios a suguei!

Não me contive
E com a língua fui passear
E não é que assim achei
Uma mina que chamei
De a corola do meu bem!


6 comentários:

Paula Barros disse...

A língua, inteligente e sábia, desbrava caminhos, descobre minas, e faz explodir vulcões.

beijo

**£ú® disse...

PAI DE VERDADE... de Silvia Schmidt... é a minha homenagem, aos Pais... venha conferir... um bj... **£ú®

Helô Müller disse...

Obrigada pela rosa!! rs

Não sei se vc já é papai, mas caso seja, aproveito pra lhe desejar um alegre e feliz Dia dos Pais!
Beijos perfumados!
Helô

Everson Russo disse...

Simplesmente lindo esse despetalar,,,esse encontro com a "flor" do amor e desejos...abraços de otimo sabado pra ti amigo,,,,

Solange disse...

passear por pétalas, tatear, experimentar, desbravar... todos esses caminhos levam ao amor....

que lindo !

beijo

Luciana Penteado disse...

Não sei se alguém te falou, mas o teu blog agora pede senha e foca abrindo uma janelinha incômoda mais de uma vez.

Entrei aqui e é o único lugar que vou hoje. Ficou muito lindo o fundo do blog, harmonioso e delicado.

Quanto às pétalas, há pétalas e pétalas... sempre há uma que atrai mais. Beijos e boa semana!