quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Diferentes formas


De diversas formas,
Formam sempre um belo par.
Se médios, cabem na palma da mão.
Se pequenos, a boca haverá de todo acariciar.
Se grandes, duas mãos com carinho os apalparão.
Mas serão sempre doces lembranças,
Do tempo em que mamar significava alimentar,
Mas que hoje em dia são momentos de pura alegria,
Ao vêlos nas divinas mulheres,
Dando um charme todo especial,
Naquilo que elas têm de muito especial!

5 comentários:

Vampira Dea disse...

Alegria masculina, afirmação feminina, linda descrição.

Everson Russo disse...

Tempo que ficou,,,que marcou, que hoje deixa apenas o gosto bom da saudade,,,mas que se pode ter a esperança de voltar,,,,porque não?

Meu amigo,,,estamos juntos nessa,,,,que o Imortal pegue logo esse segundo lugar e deixe o galinho depenado longe da Libertadores...rs..rs...abraços de bom feriado pra ti....

Bela Cunha disse...

Vim do meu cantinho escuro ... deixar um beijo especial ... para alguém que me fez sorrir ...

Thomas Albuquerque disse...

Pois é, são lindos, macios, fofinhos, gostosos, quentinhos, cheirosos..o travesseiro que todo o homem gostaria de repousar.E deve m ser tratados com todo o carinho, pois o corpo da mulher é uma linda dádiva e merece ser respeitado e valorizado.

Bela Cunha disse...

Olá meu amigo poeta sonhador

Passo por aqui para afirmar que há amigos virtuais que vale sempre a pena visitar

E acabo por agradecer todo o carinho que as suas visitas deixam no meu cantinho

Um beijo do outro lado do Atlântico