sábado, 1 de março de 2014

Por entrelinhas


Neste divino lençol
Por entrelinhas redondas adormecer
E com fios de seda
Durante o sonho teu nome bordar...

E ao acordar bem cedo
Poder acariciar
Tecer cada linha
E juntos ao orgasmo chegar...

Libertar o desejo
De sempre contigo estar
E nas entrelinhas de uma rima
Deixar a mão que escreveu
Circular sem parar...

28 comentários:

Bandys disse...

Hummm

Eu quero!!

Beijos doces

Bom carnaval

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bonito poema que mescla escrita e amor. Gostei muito.
Bjs,
Renata

ONG ALERTA disse...

Libertar....lindo.
Beijo Lisette

Paula Barros disse...

Das entrelinhas para os entre lençois
Das mãos que escrevem para as mãos que acariciam
Então, viver uma linda poesia.
abraço

Misterio Azul disse...

Me ha gustado mucho, tienen mucha melodía tus letras, y sensualidad también.

Muchos besos.

Evanir disse...

Estou aos poucos voltando a esse mundo encantado onde nossas amizades se eternizam com o passar do tempo somos vidas que se une através de sonhos , e sonhos dos mais lindos
é essa amizade que atravessa mares ficando sem fronteira ,
sem barreiras .
A semente boa e plantada em solo forte será nossa colheita farta de amizades eterna que seguiram nossas vidas.
Deus esteja contigo e comigo.
Beijos carinhos na alma.
Evanir..

Bandys disse...

Delicia de texto.
Penso não ser nas entrelinhas
mas nas linhas que vão
se transformando entre as linhas.

beijos criança, rs

Carmem Dalmazo disse...

Um sonho lindo por entre os lençóis e as entrelinhas...
Beijo

MARIA LISBOA disse...

Mulher:força felina e manhosa Mulher frágil e poderosa :Sobretudo
Mulher: Um sopro de vida no mundo Alma do sonho e da dor
És assim quase perfeita: Perfeita dádiva do Criador.
Parabéns: não pelo oito de março.
Nem pelo beijo e pelo abraço,
Mas por ser o que és.
Humus da humanidade, raiz da sensibilidade,
tronco da multiplicidade,
folhas da serenidade,
flores da fertilidade,
frutos da eternidade, essência da natureza humana e do Amor.
Um abençoado Dia Internacional Da Mulher.
Deixei um mimo para você de lembrança desse Dia
na postagem do meu blog.
Se for do seu agrado leve foi feito com muito Amor
Que Deus abençoe esse Dia consagrado a Mulher.
E um final de semana feliz.
Carinhosamente.
Evanir..

LUZ disse...

Oi, Blue!

É a primeira vez, que visualizo e comento seu blog.
O encontrei, ocasionalmente, noutro blog, o do Thomas.

Gosto muito do que estou vendo, por aqui.

Você escreva, sumptuosamente.

Nesse poema as suas palavras são bordadas de desejo, de talento e de sensualidade.

Dia bem feliz, querida.

Beijos da Luz, que é portuguesa.

Bandys disse...


Coragem, às vezes, é desapego. É parar de se esticar, em vão, para trazer a linha de volta. É permitir que voe sem que nos leve junto. É aceitar que a esperança há muito se desprendeu do sonho. É aceitar doer inteiro até florir de novo. É abençoar o amor, aquele lá, que a gente não alcança mais."
O nosso ainda se alcança.

Beijos

1manview disse...

Muito romântico e erótico ....

paz e amor
1manview

ONG ALERTA disse...

Desejos sempre existirão.
Beijo Lisette.

Bandys disse...

Esse brilho não se espalha e nem é visto por quem te vê, porque ele é de mim para você, como o amor que se entrega a poucos, aos poucos que entendem o que é viver.

Beijos doces

Luna Sanchez disse...

Mãos hábeis na escrita costumam ser hábeis em tudo, néam?

;)

Um beijo, moço querido!

LUZ disse...

Oi, Blue!

Foi divagando, que cheguei, mais uma vez, até aqui.

Adoro entrelinhas, seja no que for, e então, no amor, nem te conto.
Amei seu poema, como sempre sensual, leve, carnal.
A imagem está demiasssssssssss!

Beijos, querida!

PS: escrevi novo post no "Luzes e Luares". Obrigada!

Bandys disse...

O tempo hidrata os sonhos, cura mazelas, reforça desejos. Há em cada detalhe um universo escondido, um sentimento debulhado em líricas intenções, num abraço efusivo, entorpecente.
O tempo brinca, mas sucede em nós as alternativas quase vãs da salvação para nossas dores vãs.

Beijos

LUZ disse...

Oi, Blue!

Tudo bem?

Não se já comentei ou não esse seu post, mas penso que sim.

Olha, me desculpe, porque eu pensava, que você era "minina".
Agora, visualizei seu perfil, e pelo comentário, que deixou, em meu blog, e sobretudo pela saudação final, eu aí, entendi.

Bem melhor, desse jeito e desse sexo.

Um beijo de mulher Luz, com ternura e carinho.

ONG ALERTA disse...

Sempre encanta.
Beijo Lisette

LUZ disse...

Oi, querido Blue!

Adoro sua visita, VOCÊ, e a cor azul, que é a cor do céu.

Aqui, é paraíso. É BLUE!

Te desejo um excelente fim de semana.

Beijo carmim, luminoso.

Bandys disse...

"Porque o bom é viver para desenhar na vida das pessoas momentos lindos e dignos de serem lembrados para sempre."


Saudades

Beijos

LUZ disse...

Oi, Blue, querido amigo!

Tudo bem?

Quando olho a imagem do seu post, fico feliz, porque, em Lisboa, está frio e sol. Hoje, mal apareceu. Essa menina de bumbum ao léu. Que sortuda!

Beijo, carinhosamente.

a dama disse...

lindo!

a dama disse...

voltei para me deliciar mais um pouco no seu blog,

bjos

Leninha Lopez disse...

A mão sedenta tece desejos
os dedos famintos tramam prazeres!
BJOS
Lena

Belly disse...

delicia seu blog

bjo

Jorge disse...

Libertador de tensões e tesões...

Jorge disse...

Um tesão. é a forma como escreves...