quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Andando



Andando pelas curvas do teu corpo,
Era como se aos céus eu chegasse.
Beijando e caminhando encontrava algo muito divino,
Que ao êxtase me deixava chegar!

Poder outra flor entregar,
E tua rosa poder beijar.
Tudo isso me fazem sonhar,
Em tudo voltar a realizar!

Andando assim sozinho e em silêncio,
Sei que n'algum lugar vou chegar.
Por isso acredito no dia de amanhã,
Nem que seja somente para em ti ficar a pensar!

12 comentários:

Everson Russo disse...

Amigo poeta, se tivermos que nos perder, que seja nos caminhos e nas curvas dela, se tivermos que deitar, que seja no jardim de amor do corpo dela, se tivermos que beijar, que seja a flor que só ela tem e que só tem o perfume dela...seus versos são da mais perfeita saudade, me perdi completamente no tempo outra vez, lendo seu poema...forte abraço e um belo dia pra ti...

p.s. sei que não vai gostar do meu "viva" de hoje, mas adorei a chinelada que o seu arqui rival deu no galinho morto daqui...rs..rs..rs.."viva"

Everson Russo disse...

Você é show, to voltando pra cadeira depois de cair ao ler seu comentario alvi negro...rs..rs..rs..o problema meu amigo, não é torcer pra time dos outros, é torcer pro galinho, eles matam a propria torcida de raiva, imagina os outros...rs..rs..rs...me diverti agora, mas tenha a certeza e a minha promessa, quando o colorado nos enfrentar, tomaremos impiedosamente os tres pontos deles...rs..rs..rs...abraços...e não torça jamais pra galinaceos, rs..rs..rs..

Déia disse...

Andar nas curvas dos corpos de nosso amor, realmente é como um caminhar na estrada mais bonita, como andar nas nuvens, como viver nas emoções mais perfeitas...

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Percorrer o corpo da mulher amada e alcançar a sua flor é lindo, é sublime. E não é só o desejo daquele que ama, é também o desejo daquela que é amada.
Estou com saudades. Apareça!
Beijos, beijos,
Renata

Luna Sanchez disse...

Adoro os tais caminhos...perder-se, então, é a melhor parte!

Beijos, dois.

ℓυηα

Sandra disse...

Olha!
Percorrer esse infinito é muito lindo.
Escorregar nas curvas do teu corpo, faz enaltecer a alma, na hora do amor...
Mãos que escorregam lentamente pelo corpo, dando sensação e emoção.

Com carinho
Sandra

paula barros disse...

Que outros caminhos você possa encontrar, distribuindo beijos e cheiros nas flores das próximas curvas.

abraços e cheiros.

Bela disse...

Oi amigo

Voltei, obrigado por se lembrar do meu aniversário.

Um beijo

Helô Müller disse...

O amanhã sempre há de chegar, lhe trazendo ainda muitas rosas pra vc beijar!
Sonhe, apenas sonhe, que um dia vc chega lá!
Bela prosa curvilínea !!rs
Beijinhos meus!
Helô

Ariana disse...

Deu até vontade de dançar, UAU!!!


Besos!!!

Fragmentos Intemporais disse...

Delicioso...

A música

O poema

O sentimento que lhe envade a alma!

Nany C. disse...

...rs

troca então...
(nada mais seguro que o próprio chão)

Beijos em teu coração, Blue.
(só de imaginar a pobre cadeira arriando... ai... não há como conter o sorriso...rsrs)