domingo, 21 de junho de 2009

Sem cor



As flores perdem o colorido,
Quando chega o inverno,
Que congela o sereno da madrugada,
Queimando tudo com o frio.

Tudo seca e fica sem cor,
Deixando um rastro diferente.
Será que o meu amor por ti,
Um dia secará também?

Ainda me aqueço,
Nas tuas palavras de esperanças.
Mas o frio em que vivo,
Um dia haverá de me congelar...

20 comentários:

Erica Maria disse...

Mas que lindo poema...

Ainda que seja inverno, essas são palavras de um coração aquecido!!!

Bjos e boa semana!

Branca disse...

Não sei o que é pior...sofrer por amor ou ficar indiferente ao amor...

Que a semana lhe traga muitas alegrias...bjo.

Patrícia Kobayashi disse...

Lindo poema...

abraço
boa semana

Daniela Figueiredo disse...

Blue, concordo contigo. O inverno é tenebroso, nada é feito com prazer. Quanto ao amor, se não regado, secará, certamente. Tudo cansa nesta vida. Beijos.

Nanda Assis disse...

bonitinho o poema.

bjossss...

Giane disse...

Se depender de versos tão belos, o coração continuará aquecido.

Beijos mil!!!

Everson Russo disse...

Se o amor é verdadeiro ele jamais secará ao inverno, ele será sempre primavera, florido e colorido, perfumado e fiel as estaçoes que ao certo virão, e será tambem resistente, mesmo sabendo que nada o levara aos braços da amada, assim me sinto tambem meu amigo poeta, e até´gostaria que esse meu amor secasse pra eu poder seguir em frente e esperar novos invernos...belissimo seu poema, forte abraço e uma semana de inspiração e paz....

paula barros disse...

Poéticamente está lindo.

Mas não deixe nunca que um amor não correspondido congele o seu coração. Não sei como fazer isso, já que não tem lareira para corações apaixonados e não amados.
Quem sabe vindo para o Nordeste.

Agora, não pergunte pelo meu coração que mesmo no nordeste parece que anda na Sibéria, sem proteção. rsrsr

Se cuida, poeta. beijos

Ariana disse...

Olá, poeta, o meu assunto de hoje também é o inverno. Engraçado como tem gente que romantiza o inverno, faz dele uma coisa linda e meiga. Acho o inverno especialmente rude, sem graça, sem sabor nenhum.
Se o amor seca como as flores? Não sei te dizer, só sei que a primavera está aí, e ela haverá de trazer cor, sabor, romance e muita alegria para nós, que somos quem somos, com emoção nas palavras e muitas lembranças no coração.
Que ela apague as lembranças ruins e nos encha de boas esperanças, as mais perfumadas possíveis.
Beijos e boa segunda pra ti.

Dora disse...

As tempestades, assim como os períodos de seca sempre antecedem uma grande bonança. Que assim seja, né Mr. Blue??
Cheiro grande.

Palma da Mão disse...

Meu amigo, por vezes o frio faz-nos hibernar...talvez seja mesmo isso...precisará, também, o Homem de hibernar?
Muito lindo, adorei!
beijinhos e obrigada pela visita:)

Everson Russo disse...

Um excelente dia pra voce meu amigo poeta, forte abraço, e Gremio chegando....

Everson Russo disse...

Meu ammigo poeta, a quarta feira chegou, concentração total, tudo azul, e que vença o melhor, e que esse melhor seja o ....rs..rs..rs..forte abraço e um otimo dia pra ti...

Helô Müller disse...

Ahhh meu amigo querido !
Não há a menor possibilidade de secar nada nesse coração tão cheio de amor ...
Lindas palavras!
Beijos aquecidos!
Helô

Nany C. disse...

Oi Blue!!
Tem Selo/Meme no Carinhos,Selos&Meme's pra você.

Beijos!

Prof. Israel Lima disse...

É uma hora sempre tê-lo em meu espaço.
Obrigado por sua visita e comentário!
Voltem sempre!

Gosto de estar, aqui, neste seu espaço rico de informações e cheio de sabedorias!

Tenha uma magnífica semana.

Um grande abraço.

Everson Russo disse...

Bom dia meu nobre amigo poeta, apesar da tristeza que nos faz escrever dia a dia, voce bem entende isso, da solidão que nos acompanha fiel, assim como eu voce tambem entende isso, no esporte ontem foi um dia legal ne? do meu lado um 3x1, que poderia ser mais tranquilo nao fosse o gol de falta, mas enfim, são duas forças, a gente como torcedor quer sempre uma goleada, mas nessa fase da competição, e no nivel de Cruzeiro e Gremio ela seria pouco provavel, ficou de bom tamanho, totalmente em aberto a decisão, o seu tricolor tem totais condições de reverter (espero que não) rs..rs..mas enfim, continua pau a pau, mas foi um bom jogo, com situações atipicas, contusão do juiz, que de hilario a ridiculo, tambem atrapalhou, que naquele 5 minutos de parada, deu uma esfriada, o Cruzeiro vinha bem, já ganhava de 3 e tinha tendencia a aumentar no exato momento, mas coisas da bola, e o fato lamentavel do Maxi que numa atitude racista insultou seu companheiro de prosissão, eu fico me perguntando, tirando qualquer culpa do Gremio, o clube, e sim do ser humano, como pode exitir pessoas que em pleno seculo 21 ainda tem esse tipo de atitude? mas vida que segue, e semana que vem tem Olimpico, e vamos lá....forte abraço e um belo dia de paz e poesia a ti, e podemos começar a comprar tinta azul pra pintar a america, ainda nao sabemos qual azul, mas será azul....rs...rs...

paula barros disse...

Ei, seu menino, vamos atualizar esse cantinho, vamos colocar ordem na casa rsrsr

Estou sedenta para ler seus poemas.

beijo

Everson Russo disse...

Acho que sim, a Lu disse do frio que ela ta sentindo e odeia, eu brinquei com ela que adoro frio, e adoro mesmo, acho aconchegante, gostoso, inspirador, mas meu amigo, espero que na quinta que vem tudo fique azul....e branco....sem o preto...rs..rs...e não sei se voce lembra, quando fomos bi da libertadores, alem do Auturi no comando, vencemos voces no Olimpico por um a zero, golo do Palhinha segundo, aquele que jogou no Sao Paulo depois...rs..rs...claro que é estatistica, mas é sempre bom lembrar..rs..rs..mas como disse, que seja um bom jogo e vença o melhor...forte abraço...

Simplesmente Ariana disse...

Estamos falando de você pelos nossos blogs a torto e direito e você nada... nem aparece...
Deixa estar... eu e o Everson vamos continuar falando...