segunda-feira, 29 de junho de 2009

Sutilmente

(Skank - composição: Samuel Rosa / Nando Reis)



E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti.


(PS.: agradecimento especial a Ariana, do blog http://blogariana.blogspot.com/ )

2 comentários:

Everson Russo disse...

Tambem aproveito esse espaço e a volta dos comentarios pra agradecer a Menina Ariana por em carinhos e amizade trazer de volta nosso amigo Blue,,,beijos Ariana e forte abraço estrelado Blue.

olhar disse...

que legal!!

Esta música é mesmo maravilhosa!
Nos toca a alma...

e adorei a explicação das "..."


beijocas!

Bia