sábado, 23 de maio de 2009

A cada ...


A cada nova vontade de escrever,
É por somente em ti pensar.

A cada novo alvorecer,
Uma nova esperança a nascer.

A cada novo sorrir teu ver,
Um novo porvir.

A cada novo encontro,
Mais vontade de ajudar e amar.

A cada rosa que colho no jardim,
Vontade de entregá-la a ti.

A cada nova madrugada,
Mais vontade de estar ao lado e te cobrir.

A cada novo desentendimento,
Apenas vontade de acertar um dia.

Restam erros cometidos.
Resta uma vontade louca de acertar um dia.
Restam saudades de algo que nunca tive direito.
Mas a vida me leva a pensar e ando divagando demais.
Será que a morte me trará a paz no amor?

19 comentários:

paula barros disse...

Querido, sempre quero acreditar que a morte vai trazer paz interior, em tudo.

Mas enquanto ela não vem, e que demore, possamos sonhar a paz entre os vivos, entre os que amamos, principalmente um amor tão especial assim.

Errar faz parte dos relacionamentos, o importante é esse querer acertar.

beijos e felicidades.

Luciana disse...

Sabe, poeta, às vezes acho que émelhor não tentar aertar,pois parece que quanto mais tentamos, mais a coisa caminha para um emaranhado de palavras amarradas, que não coseguem ser desatadas...
Se não conseguimos falar a mesma língua, pra que insistir...
Por outro lado,é essa esperança em continuar tentando que nos mantém vivos... Até quando a nsistência? Não sei!!!

Everson Russo disse...

Que maravilha, e é nessa vontade de acertar, de reencontrar, de ver em tudo a pessoa amada, de ver uma rosa e lembrar dela, isso que nos faz sonhar com a possibilidade do impossivel rolar...seus versos me remetem a uma epoca muito boa da minha vida. Passando ao problema, meu amigo, já to ficando com medo do blogspot, to começando a achar que o problema é no blogger, meu outro blog o Barco, tambem tá dando, criei dois links pra desenvolver o html e ver um possivel erro, e em poucas atualizaçoes dava o erro tambem, agora pra entrar no seu aqui, deu tambem de primeira, sei lá, estranho....forte abraço e um otimo domingo pra ti...

Erica Maria disse...

" A cada nova madrugada,
Mais vontade de estar ao lado e te cobrir. "
Como é bom sentir isso né?

Lindo poema!!!


Bjos em teu coração!

Palma da Mão disse...

Lindo, ainda que sinta a angustia na tua palavra e seja incapaz eu de ser indiferente...a morte entrega-nos à vida no dia em que nascemos, pede-lhe que cuide de nós enquanto não volta, para de braços e olhos abertos nos levar de mãos dadas consigo para qualquer outro lugar...sabes meu amigo, julgo que esta estadia, e a confiança que a nossa morte deposita na nossa vida é a prova de que somos capazes de alcançar a mão que se nos acena do outro lado do muro, o sorriso do menino que brinca e se suja no jardim, o gosto de nódoa de gelado no peito, o arranhão no joelho, vive meu querido, vive cada dia como se fosse o ultimo, és amado, e admirado, acredita nessa certeza...e sorri:)
Beijinhos e obrigada pelo carinho
Liliana

Everson Russo disse...

Um forte abraço meu amigo poeta, que seu domingo e sua semana sejam de paz, de encontro com o amor, inspiração, tenha ao seu lado sorrisos e abaços sinceros...fique com Deus...

Luciana disse...

Passei pra deixar um beijo de domingo e agora vou almoçar... vai uma macarronada aí?

Luciana disse...

Como assim, estamos morrendo, o blog e eu?

Branca disse...

Achei lindo demais...A cada rosa que colho no jardim,
Vontade de entregá-la a ti...

Merece um amor lindo, verdadeiro, porque tem sensibilidade demais nesse coração!!!

Ótima semana...bjo.

Anna e Cesar disse...

Oi anjo, tudo bem com vc, menino poeta?!
Nem sempre aquilo que queremos tanto é o que nos fará bem, ou aquilo que Deus a nós reservou, talvez por isso soframos tanto, queremos algo que vai de encontro ao que Ele reservou para nós...
Esperamos que a ausência forçada de seu espaço maravilhoso tenha terminado, estamos com saudades de passar aqui e ver as novidades...
Estamos nos recuperando das quedas que sofremos (esclarecidos no post do blog), porém convictos que isso não será dificil,
enquanto podermos contar com sua amizade, carinho e suas orações...
"Existem pessoas que espalham luz por onde passam, trazem paz, alegria e
força no olhar. No CÉU recebem nome de ANJO, na terra chamamos de amigos."
O Momentos completou 10.000 visitas e isso seria impossível sem o carinho de sua presença constante, por isso
estamos lhe oferecendo o selinho comemorativo que está na salinha OFERECEMOS (lateral direita do blog), pegue-o como forma de agradecimento e reconhecimento a vc, que faz parte dos 6 meses de história de nossos Momentos de Amor!
Tenha uma semana recheada de paz, luz e muitas alegrias. Beijos em seu coração! Saudades de vc em nosso cantinho, viu?!

Aline disse...

Acredito que a morte seja sempre pacífica, mas é muito triste pensar assim. Ainda acredito em encontrar a paz em vida, através de um novo amor, de bons amigos ou olhando um lindo pôr do sol. Depende de cada um.

Everson Russo disse...

Passando pra desejar ao amigo uma excelente semana...abraços...

Gleiciane disse...

Linda poesia,vc sempre coloca poesias maravilhosas.
grande bj!!

Adriellie disse...

Seus poemas são perfeitos!!!

:)

Giane disse...

A cada novo verso, a cada novo poema, Querido Amigo de Boas Palavras, Você se supera.

Lindo o que escreveu!

Beijos mil!!!

Sandra disse...

Muito lindo seu blog.
Conto com sua visita em meu blog.
Quem sabe vc. se torna minha seguidora. Ficarei muito feliz.
Abraços.
Sandra

Seline disse...

Querido Blue,
Lindo seu poema... não desista nunca. Se há algo pelo qual vale a pena lutar, esse algo é o amor.
Beijo com carinho

EU SOU NEGUINHA disse...

Lindo menino azul...
Adorei o seu escrito...
Beijos azuis cheio de energia.
Nega

Helô Müller disse...

Belo e intenso texto !! Mas não pense em paz na morte ... Qual é a graça ?? Busque paz em vida e viva !!
Viva o amor, mesmo sem paz ! Amar é viver ...
Beijos bem vivos procê !! rs
Helô