sábado, 30 de maio de 2009

Ondas do mar


Meus pensamentos vão e vem,
Igual às ondas do mar,
Que alimentadas pelo vento,
Nunca param de balançar.

Serão meus pensamentos,
Sonhos embalados pelo amor,
Que nunca haverão de parar?

Que novos ventos e novos sonhos,
Esperanças me possam trazer,
Para poder meu coração acalmar...

Hoje apenas choro,
Retirando as lágrimas lá do fundo do mar.
Que me perdoem os peixinhos,
Mas preciso desta água,
Para poder ainda muito chorar,
Pelo amor que sinto por alguém!

15 comentários:

Nany C. disse...

...um amor assim, embalado pelas ondas... o cheiro do mar.
Blue, é lindo! Toca...


Bom dia!
ótim fim de semana pra voce!

Beijos no seu coração!

Afrodite disse...

Lindos versos, dá a impressão de estarem sendo embalados pelas ondas do mar. Se você ler em voz alta vai perceber isso.

Beijos e bom sábado pra ti.
Com ou sem o cinza do dia, vamos torná-lo azul, assim como a cor do mar.

Everson Russo disse...

Belissimo, o amor na vida da gente é como onda do mar mesmo, vem, beija a areia da praia, acaricia com carinho, deixa suas marcas, mas tambem, derruba nossos castelos de areia, nossos sonhos e vai embora, e aqui ficamos com a saudade, lindo seu poema, é exatamente meu momento,,,forte abraço e um otimo sabado....

Dora disse...

Mr. Blue! Gostei de ver que o poema já dá margem a "novas praias". Esperança é sempre bom.
Cheiro grande e um bom fim-de-semana!

Palma da Mão disse...

Blue meu amigo, os peixes deverão dizer-te que nada têm a perdoar, todos lhes roubamos alguma água por vezes, até água demais...
Mas um dia vou sentir-te sorrir, e eles erguerão-se saltando da água para te ver passar:)
Beijinhos, adorei!
Liliana

Palma da Mão disse...

:) De nada meu amigo, e onde diz erguerão-se, deveria dizer erguer-se-ão, falha de coordenação:)
Desculpa:)
Beijinhos

paula barros disse...

Poeta, sempre belo os seus poemas e que me embalam feitos as ondas calmas do mar.

Se for preciso chorar um amor que se chore. Se der para mergulhar em busca da sobrevivência desse amor que se mergulhe. Mas se ele não sobreviver as ressacas do mar, ao ir e vir das ondas, que se nade para numa outra praia aportar.

beijos saudosos.

Valdemir Reis disse...

Olá estou visitando e registro minha satisfação em passar aqui. Tudo isto nos fortalece e aproxima. Parabenizo vc pelo excelente trabalho, lindissima publicação, uma maravilha, gostei. Muito interessante. Honrado por sua amizade, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho. Nos encontraremos sempre por aqui. Aguardo sua visita.
Quero compartilhar com você o poema abaixo do poeta Vinícius de Moraes:
“Certas palavras podem dizer muitas coisas;
Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
Desejo um fim de semana repleto de alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
Valdemir Reis

Prof. Israel Lima disse...

Bom Dia!

Desculpe-me chegar assim, sem avisar,
é que cheguei, li e goste.
E se você permitir, quero voltar mais vezes!

Tenha uma ótima semana!

Um grande abraço.

Seu blog é muito legal.

Helô Müller disse...

Noossa Poeta, vc anda inspirado mesmo ... Que belíssima Poesia, parabéns !!! Ondas do mar e amar, tem tudo a ver ! rs
Beijos salgados !!
Helô

Sibyla disse...

Precioso e intenso poema!

Saludos:)

Everson Russo disse...

Um otimo domingo a ti meu amigo poeta, e claro, uma semana cheia de inspiração e paz, e que essas ondas nos levem a um porto seguro, onde mora a razão da nossa saudade sem fim...forte abraço....

Prof. Israel Lima disse...

Obrigado por sua visita e comentário em meu blog.
Volte sempre, venha conferir minhas novas postagens.
Tenha um ótimo domingo.

Um grande abraço.

Avassaladora disse...

Blue, não deixe os peixinhos morrer ...

Mas salve seu coração...rs


Amigo, continuas divagando... e muito ....


Beijos avassaladores!

Everson Russo disse...

Amigo poeta do amor e da saudade, venho deixar a ti um forte abraço e o desejo que sua semana seja de paz...