sexta-feira, 3 de julho de 2009

Brincando e jogando



As lágrimas são de brinquedo,
O coração é feito de papel.
Por medo de ser amado,
Tudo acaba assim num rapel!

Será que o amor é loteria,
Destes que se joga com alegria?
Ou será o amor mais um jogo,
Que alguns brincam como fogo?

Apenas quero compartilhar,
E dizer que quero comprar.
E se um dia eu encontrar,
Vou pegar e não largar!

E por ser amor de torniquete,
Vou continuar a te amar.
Ele não está no bilhete,
Está é na maneira de amar!

19 comentários:

Everson Russo disse...

Como sempre escrito com a alma, interessante meu amigo o trecho do medo de ser amado , eu vou te falar a verdade, eu tenho mais medo de amar, de voltar a amar como um dia, e depois me decepcionar novamente, sentir tudo aquilo de bom e depois todo aquele vazio, ter que passar de novo pelo periodo de recuperação, sei lá, acho que nao to preparado pra isso de novo, o amor é mesmo o que voce pintou, um esporte radical...rs...louco isso né?

Ri sozinho aqui em casa com seu comentario, segundo voce mesmo sem nexo...rs..rs....mas o que te falei, AZUL, BRANCO, a faixa preta não, tem ninguem de luto aqui...rs...rs....rs....

forte abraço amigo, uma noite de paz e estrelas no ceu...

Déia disse...

Muuuito fofo teu jeito de escrever! Adorei.. se parar a chuva vou pro rapel no fds rs
bj

john disse...

Três motivos para eu comentar.
1 me identifiquei com o nome do seu blog.
2 vc escreve bem pacas.
3 me identifiquei com o texto, principalmente relacionando o medo de ser amado, que para muitas pessoas é incompreensível, assim como o companheiro Everson acima, mas para mim realmente faz parte da minha história de vida, não muito longa, mas bem vivida.
abraço

paula barros disse...

Que para mim o amor não seja nem loteria, nem jogo de bingo. Um não jogo, o outro não tenho sorte.

Mas também acho que não ando apostando no amor...rsrs

Meu estimado e ilustre poeta, você é demais mesmo, lá vem colocando rapel, com coraçao de papel...e muitos outros jogos de linguagem, junto com a emoção.

beijos e um lindo dia!

Erica Maria disse...

Lindo e singelo!!

Adorei!!

Bjossssssssss, bom fim de semana!

Erica Maria disse...

Lindo e singelo!!

Adorei!!

Bjossssssssss, bom fim de semana!

Ariana disse...

Bom-dia, poeta, hoje, apenas uma música pra você.
Ela fará parte do meu próximo post.

http://www.yehplay.com/musics/Norah-jones-Turn-Me-On/113842/

E quanto ao amor... nunca atingiremos o cume... e se o atingirmos, será por um tempo tão rápido que nem dará tempo de sentir o vento no rosto.

Beijos!

Everson Russo disse...

Bom dia meu amigo poeta, acabo de deixar um comentario na Ariana agora mesmo, em segmento ao seu tambem por lá, já to ficando preocupado com aquele post dela que nao muda, será a ausencia dela na net? se for, será voce meu parceiro de complô agora, não poderemos deixar isso acontecer, espero que seja apenas falta de tempo, depois dá uma passadinha lá e registra sua preocupação mais uma vez...nem pensar em perder a Lu, nem voce tambem é claro...rs.....meu amigo poeta, uma otima sexta pra ti cheia de belas inspirações e muita paz anexando a um final de semana tambem de otimos acontecimentos...abraços fraternos...

Ariana disse...

Ah, eu esqueci de dizer... não sei quando ele irá ao ar...

Sil disse...

Obrigada pela visita. Adorei seu estilo de escrever... sua sensibilidade
Seja sempre bem vida lá no nosso cantinho, meu e da Deia.
Bjs
Sil
www.depoisdodiva.blogspot.com

Olavo disse...

Um belo poema..
Amar é simples..nós que complicamos..
Otimo final de semana
Abraço

Palma da Mão disse...

Poesia, amor e vida é mesmo isso, uma feliz e bela conversa de palavras soltas e que de mãos dadas dão ao mundo uma forma exuberante:)
Amei meu amigo, amei!!
Beijinhos querido

Helô Müller disse...

Ah, que encanto de poesia ... Só vc mesmo com esse coração que pode ser até de papel, mas sente e vibra como poucos !! Não tenha dúvida que escrever poesias é um ato de amor !
Vc está amando através de seus versos, sabia não ? rs Pois é, existem várias formas de amor nesta vida, que não necessariamente o tão decantado Homem x Mulher ...
Aliás, escrevi algo sobre isso lá no "Helô'cubrações sobre a vida", e deixarei o link, caso queira me dar o enorme prazer de sua leitura ! ( adooro quando vc vai lá me ler ! rs)
São dois textos, um com o título "Elocubrações sobre o amor" e o outro " Contos da Carochinha" ... eis o link:
http://helonuaecrua.blogspot.com/search/label/%22%20Hel%C3%B4%27cubra%C3%A7%C3%B5es%20sobre%20a%20%20vida%20%22%20...
( ficam mais embaixo da página, mas basta que procure pelos títulos )
Beijos meu amigo Poeta !
Helô

A.S. disse...

Que a tua vida rime como as rimas do poema!!!

Votos de um bom fim de semana!

Nany C. disse...

Que belo poema, Blue!

Vim te desejar um ótimo final se semana!

Beijos em teu coração!

Anônimo disse...

Olá moço, sou a “moça dos pontos de interrogação???"

Acompanho seu blog desde o inicio, vc sabe, o google acha tudo...rs.

Só queria reafirmar o que escrevi essa semana:
Você é um grande poeta, escreve com a alma!!! Com o coração!!!

Vinicius escreveu em uma de suas canções

“Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer”

Continue um grande poeta, mas prefiro que seja sem sofrimento tá!!

Um beijo GRANDE POETA

Sua fã anonima......

Blue disse...

Resposta a esta "minha fã anônima":

De interrogação a exclamação,
de virgula e pontos,
incluindo aí as reticiências,
vou tentando escrever o que o coração fala,
se pessoas acabam gostando,
fico feliz e muito grato.

Apenas queria poder ter chance,
de quem sabe poder trocar idéias,
e se visitas-me com frequência,
queria poder muito retribuir isto em seu blog.

Mas um anônimo é um endereço não encontrável,
neste mundo virtual.
De qualquer forma agradeço,
mas deixo aqui meu protesto,
pois todos nós temos se não um nome,
um apelido e um endereço!

Beijos

Katy disse...

Amei, amei mesmo!
Poema lindo.
Beijinhos.

P.S.: Vai dizer que vc não gosta de um peitoral (masc) definido?....rsrs...

Tetê disse...

E poemas assim, nos remetem à felicidade almejada...


Então que poetize sua vida sempre assim
e nos dê a alegria de compartilhá-la!



Lindo poema!!