sexta-feira, 17 de julho de 2009

Que o vento me leve...

Tanto mistério fazer,
Para algo acontecer.
Que venham outros dias,
Mas que não sejam de medo!

Deixarei me levar,
No embalo do vento.
Levantarei a vela do barco,
E ele me deixará n’algum porto!

Medo do mistério sim,
Mas me dou o direito de enfrentar.
Que venham novas tempestades,
Que baixarei apenas as velas do meu barco!


manimal - barco do amor

21 comentários:

Ariana disse...

Se não tivéssemos tanto medo do mistério, enfrentaríamos as tempestades da vida com calma, otimismo e brandura.

Beijos, poeta!
Lindo poema!

Everson Russo disse...

Meu amigo, a inspiração tá ancorada por ai, agora são dois posts por dia ou eu estou atradado? rs..rs..enfim, to nesse barco contigo, deixo a onda me levar, vou pelo caminho dos ventos tambem, se o amor me encontrar otimo, se não, sigo em frente, sem medos, ou não, sei lá, acho que o medo é parceiro, meio que como a solidão tambem, andam juntos e um provoca o outro, e quanto as tempestade, essas ao certo virão pra que depois possamos ver a beleza do rainbow. Forte abraço, otimo final de semana de muita inspiração, e menina Lu sumiu de novo, lá vou eu levar uma rosa....rs...rs...

Katy disse...

Ah....medo das tempestades, de deixar me levar, de levantar velas...
Isso que dá....TPM muda a mente das pessoas....uix!
Ótimo final de semana para você!
Beijinhos.

DocePecado disse...

Lindo poema ! Enfrentando a vida de vela erguida ...

Beijo e obrigada pelo comentário

Nany C. disse...

medo...

ele existe ou nós o impomos como um freio para nossas ações e reações?...
medo... se frearmos bruscamente, o que virá em seguida pode nos atropelar...

Beijos, Blue... tão blue como o céu desse pequeno porto...(rs)

Palma da Mão disse...

Lindo meu amigo, ao sabor do vento...baixa então as velas e deixa a maresia chegar, atrás dela vem a maré cheia, e com ela as sereias perdidas por entre ondas e piratas de perna de páu, monstros de mil e tantas cabeças, quanto a nossa imaginação for capaz de no mar desenhar...não temas o desconhecido...afinal apenas o que conhecemos nos desilude:)
beijinhos mil migo e bom fim de semana

paula barros disse...

Cada meu comentário de ontem?

Quanto ao frio lembrei de vc e do frio daí. beijo

Aline disse...

Mistérios também me deixam nervosa.

Giane disse...

O melhor de das tempestades é a bonança depois delas...
Poeta não se deixa levar por ventos.
Ele se Eleva...

Beijos mil!!!

PS:Preciso de um favor, Amigo de Boas Palavras. Deixei uma pergunta no ar lá no Caderno de Páginas Amareladas e gostaria de ler sua resposta lá, se possível. Desde já, eu Agradeço.

Majoli disse...

Olá Blue.
Penso como você, que venham novas tempestades, mas que esteja eu preparada para enfrentá-las.

Beijos doces no seu coração.

Sandra disse...

As tempestades, são os nossos problemas.
Temos que sabermos adminstrá-los e combatê-los.
Saber enfrentar as tempestades, é ter a certeza de derrubado um leão.
Com carinho
Sandra

Everson Russo disse...

Um forte abraço amigo, otima viagem e um otimo final de semana....

Cris disse...

que venham outros dias
mas que não sejam de medo
amém!
lindo isso, praticamente uma
oração

beijão

Déia disse...

Que lindo poema, que foto inspiradora! Ótima para meu fim de noite! bjs

Anna e Cesar disse...

Menino poeta, hj com disposição para deixar um comentário...
Enfrentar as tempestades, encarar os mistérios lançar o barco no mar, içar as velas e se deixar levar são ações de alguém que não tem medo de enfrentar seus medos. Maravilhoso, poeta!...
Seja uma noite de bons sonhos e descanso e um domingo de alegrias. O meu será de visita ao médico, mas confiando em Deus que tudo ficará bem...
Beijos em seu coração, menino poeta, fique com Deus!

Nany C. disse...

Vim te desejar um ótimo fnal de semana!!!

Beijos, Blue!!

Ava disse...

Querido Blue...

Mistérios, ventos...

Deixar a coisas acontecerem...

Só baixar as velas...

É amigo, as vezes precisamos mesmo fazer isso, senão quebra tudo o ficamos a deriva...rs


Voce tem escrito poemas lindos!
E sinto que está cada dia melhor...
Lembre-se que gostei de seus poemas desde a primeira vez que li... no antigo blog...rsrs

Te adoro!


Beijos!

Luna Sanchez disse...

Lembrei de uma canção que diz :

♪ "A vida vem em ondas como o mar
Num indo e vindo infinito..." ♫

=)

Beijo,

ℓυηα

Dora disse...

Mistério na dose certa até que é bom. Mas depois de um certo ponto, assusta mesmo.
Cheiro bem grande e boa semana, mr. Blue!

Peggy disse...

navegamos, então, neste barco!

beijusssss

Everson Russo disse...

Passando pra deixar um forte abraço e desejar uma otima semana...poesia e paz no coração...