sexta-feira, 10 de julho de 2009

Sem você



Como é triste passar os dias,
Sem ter você aqui perto de mim.
Não ter notícias,
Ficar apenas com o silêncio.

Acabo procurando entre as pétalas,
Explicações pra tudo isso.
Mas encontro na linda rosa vermelha,
Teu sempre doce cheiro.

A solidão fica comigo,
Que tenta me consolar.
Mas vejo como é difícil,
Depender de palavras escritas.

Se te quero a todo instante,
Não é somente por te amar.
Sabes muito por que te quero,
É também pra te cuidar!


Adriana Calcanhoto - Fico Assim sem Você

11 comentários:

paula barros disse...

Que amor é esse meu Deus, que não acaba, não diminui, nenhum outro amor entra nesse coração.

Que locatária danada, apropriou-se do coração do homem e não desocupa por nada.

O bom é que são vários poemas bonitos, de uma sensibilidade incrível.

beijos no coração apaixonado.

Majoli disse...

Ah esse amor tão lindo que mora dentro de ti.
Desejo de coração que possa de novo cuidar desse amor.
Beijos doces no seu coração.

E.T. Essa música é muito linda, amo.

Gleiciane disse...

Nossa que amor lindo esse.
Vc sempre postando coisas lindas!!!

Bjinhos!!

Carmem disse...

Blue...
A solidão machuca e a saudade sempre está junto...mas se há saudade é pq houve momentos marcantes...Que amor lindo!...

Beijo e bom final de semana

Déia disse...

Hoje tô tão sensível e tudo tá me emocionando...
Amei suas palavras, to com saudade do meu namorado que ta viajando.. e só me resta esperar por notícias!
beijos e bom fds

Giane disse...

Ah, esse Amor, esse Bem-querer...
Querer tanto cuidar que a gente esquece de se cuidar.
Mas é nesse descuido que florescem as coisas mais lindas, como Tuas Belas Poesias...

Beijos mil!!!

Olavo disse...

Quanto amor..lindos versos ..mesmo triste...
Beijos

Helô Müller disse...

É isto aí, Blue, quem ama cuida !! Tocou no ponto certo, e como vc deve saber amar ... Parabéns !
Lindos versos e música !
Beijos na bochecha !!
Helô

Everson Russo disse...

È dificil mesmo estar e ficar sem a pessoa amada, acho que nós sabemos bem o que é isso, não é meu amigo poeta? a gente vive a escrever e procurar essa direção, de uma pessoa que se foi, a cada madrugada a solidão dói mais, a cada estrela que se apaga no céu a certeza do aumento da distancia, do silencio e daquela inquietude eterna que mora dentro de nós...forte abraço e um excelente final de semana..

Everson Russo disse...

Que triste meu amigo, nada da nossa querida Luciana, nem sinal, nem alo e nem email, será que vamos perder essa guerra? pode nao...

Teca disse...

Blue,

a gente não quer carinho...
a gente quer DAR carinho
e sei bem o que é essa necessidade,
às vezes ela é mais forte do que muitas outras coisas.

abraço.