quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Sei



Não sei por onde ando
Nem sei por onde andei
Sei apenas que estou andando
Feito doido atrás de alguém...

E nem sei se um dia falei
Tudo aquilo que eu quis dizer
Sei apenas que disse
O quanto sinto por este alguém...

E não sabendo mais o que sei
Sigo sem saber o que sei
Vago assim por entre letras
Procurando apenas saber o que sei...

26 comentários:

Everson Russo disse...

E o bom disso tudo meu amigo poeta, é saber que amou, que ama e que ainda tem muito amor a dar,,,forte abraço pra ti...to indo lá...rs...

Luciana P disse...

Pegou pesado, ainda mais com essa música!


beijos!

Luciana P disse...

Eu já te disse que você está cada dia melhor???

Déia disse...

Não saber e querer aprender é sempre uma ótima opção...observar, compreender....e perguntar para descobrir...

Dora disse...

Obrigada pelos parabéns, viu?! E sobre "o saber"... a gente nunca sabe direito se fez o melhor ou não; se deu pra explicar direito ou não; se era melhor nem feito ou não... suspeito que a vida seja subjetiva demais nesse ponto. Num caso assim, o melhor é sempre ter a consciência tranquila, sabendo que tudo o que estava ao nosso alcance foi feito :D
Um cheiro bem grande, mr. Blue.

Dora disse...

O MP3 Tube parece que "sucumbiu" num foi? Eu tentei achar uma musiquinha lá ontem e não consegui... direciona a uma página diferente... *0*

paula barros disse...

Eu só sei que não sei mais nada, de amor, de ler sobre amor, de ler da falta de amor....
Eu só sei que quero saber do que sei, do que sinto, do que senti.


E se estás andando atrás de um amor e não estás achando, que tal dançar?
Eu só sei que se meu amor não aparecer eu vou sair para dançar e me divertir. Disso eu sei, já decidi. E escrever aqui me ajudou a lembrar disso.

um bom dia. beijo

Luna Sanchez disse...

Em meio a tantas incertezas, ter algumas convicções é como ter ouro em pó.

Beijo,

ℓυηα

Nany C. disse...

rs... ao fundo do pote!

Beijos no teu coração, Blue!
que bom que gostou...

Luciana P disse...

Beijos tristes, é?
Gasto toda a minha massa cinzenta para fazer aquele post e você vem me dizer que não é tão simples assim?
É claro que é simples. Lembra que foi você mesmo quem disse que a gente é que complica???

Ou esqueceu???

Hahahahahahaha, e sem porre com os cotovelos apoiados no balcão please!

Bela disse...

Nesta vida tudo tem que ser dito para um dia não ser tarde demais. Acredita! Aprendi essa lição da pior maneira...

Beijos

Sandra disse...

Não sei por onde ando,
não sei por onde andei.
Mas o importante é que andamos, não é mesmo.
Lindo texto Blue.
Com carinho
Sandra

Marcélia Macidália disse...

Tem um quê de "Aonde meus Passos Vão...em vão..."
Bela poesia...como sempre!

Marcélia Macidália disse...

É só misturar ao fracasso determinação...o caminho de certo será o sucesso.Não tem como se perder!Beijos e adoro vc sempre por aqui...

Palma da Mão disse...

lindo meu amigo, mas se procurares o teu eu dentro de ti, e do que ficou por dizer, acho que a Lua ao teu ouvido, baixinho, vai dizer, és azul, és grande, profundo, és céu e és mar...és água, e com isso te dirá tudo, o que alguém te quererá dizer:)
beijinhos

Pâmela Rodrigues disse...

Quando comecei a ler o poema me lembrei da música "Eu Sei" do Legião Urbana, minha preferida deles, você deve conhecê-la.

Belo escrito, gostei muito.
Bom resto de semana.
Beijos

Pâmela Rodrigues disse...

Quando comecei a ler o poema me lembrei da música "Eu Sei" do Legião Urbana, minha preferida deles, você deve conhecê-la.

Belo escrito, gostei muito.
Bom resto de semana.
Beijos

VANUZA PANTALEÃO disse...

Vagamos todos, Blue...onde haveremos de chegar?
Sua Poesia nos desperta, gosto, gosto demais!!!Bjs

VANUZA PANTALEÃO disse...

Chegarás...e de vestes azuis.
Obrigada, Poeta!!!

Helô Müller disse...

Ah, eu só sei que eu gostei da música e da poesia !!! Arrasou, amigo !!! Tava com saudades tb ...
Beijos sabidos !!!!

PQNA disse...

Temos a liberdade de andar por caminhos que escolhemos... e viver o presente é tão necessario quanto respirar...
lindo texto... parabens...
abços

TetÊ disse...

BluEE!!


A gente anda rumo ao nada e
caminha ao nada...


Abraço
por aqui...

Majoli disse...

Oi Blue, ao te ler lembrei-me de uma certa vez há um certo tempo atrás em que pensei:"Pôxa será que deixei de dizer algo e que assim tudo teria sido diferente?"

E agora digo que de nada mais sei...

Beijos

Fragmentos Intemporais disse...

A vida é mesmo assim!
Uma perfeita idiota em constante busca de algo... não sei bem o quê!!!

Beijo intemporal!

Gostei do espaço...

Everson Russo disse...

Bom dia meu poeta amigo, desejo a voce uma otima quinta,cheia de inspiração e paz...forte abraço.

Déia disse...

Blue, será que não sabe mesmo? ou será que não quer saber?
Acho que sei, acho que sabe que nem só de solidão é feita uma pessoa!
Basta vasculhar dentro de sí e dentro do outro...que muita sabedoria e muita raridade pode aparecer! será? não sei!
Mas pode ser!

bjs