quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Jamais e nunca

Jamais é uma palavra pesada,
Que nunca deveríamos usar.
Pois sabemos que o que pensamos hoje,
Amanhã pode já não valer mais.

E quando se trata de amor,
O jamais soa como a palavra nunca.
Duas negativas escritas em letras diferentes,
Que sempre podem sofrer transformações.

Tudo tentei mas nada valeu,
Sei que tomaste conta do meu ser.
E nada do que aconteceu hei de esquecer,
Mas deixarei agora o tempo tudo apagar.

Quantas vezes fiquei a me enganar,
Tentando me livrar.
Tenho certeza que preciso mudar,
Pois continuar assim não vai me fazer feliz.

Outro coração hei de procurar,
Para poder lindas rosas entregar.
Estou certo de que nunca e jamais,
Quero deixar de amar!
Oh meu Deus, deixe-me usar apenas mais uma vez...



11 comentários:

DocePecado disse...

É Blue , Jamais e nunca , nunca deveriam ser ditas pois enganam e muito ....

Beijo doce

Princesa disse...

Lindo poema linda imagem adoro rosas
O tempo não espera por ninguém...

Ontem é história.

O amanhã é um mistério, o hoje é uma dádiva,

por isso é chamado de presente.

Um beijo

Mai disse...

E o nunca, (assim como o sempre), de fato não existe... O Jamais denota a impossibilidade e e sabemos que o poder sobre as coisas está em nós. Mas temos, apenas, o poder sobre nós e ai, entendo o jamais e o peso do jamais.
Belo texto!

Abraços,
Mai

Marcélia Macidália disse...

Querido Blue...Sempre profundo nos levando à refexão...Adoçando um pouco mais nossos dias com suas belas palavras.
Jamais...
estamos sempre em constante mudança e em se tratando de amor só o tempo pra cicatrizar o que nos faz dizer jamais!
Beijos

paula barros disse...

....a palavra amor, para quem é emoção nunca, jamais deixará de ser usada, e o sentimento e a emoção causados pelo amor sempre serão sentidos.

abraços

Bela disse...

Ás vezes temos de saber quando desistir, soltar os sentimentos também é um acto de amor.
A vida não é má para quem tem coração. Mesmo que sofras eu sei que um dia vais sorrir em pleno, e a tristeza que hoje sentes vai te ensinar a valorizar o sorriso de amanhã.
Entretanto eu só poderei te oferecer a minha amizade.

Um beijo

Palma da Mão disse...

Jamais me esquecerei do carinho das tuas palavras e nunca hei-de deixar de sentir a tua falta quando não me vais visitar:)
Eu digo essas duas palavras sim:)
beijinhos migo e muita força, um dia cheio de força, e que os pingos de orvalho se transformem em fadas só para te ver brilhar:)

Ariana disse...

Sabe a que conclusão eu cheguei hoje, depois de ler esses versos?
Você é tão imprevisível quanto eu!

Tô gostando disso!

Beijos chuvosos!

Erica Maria disse...

Lindo poema!!!

Bjos!!!

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta, são palavras que para o amor verdadeiro, aquele que temos no peito e falamos dele diariamente, simplesmente não existem, não combinam com os nossos ideais, o verdadeiro amor a tudo vence e o verdadeiro amor "jamais dirá nunca", e digo mais, o que vivemos hoje e sofremos por ele, não foi um verdadeiro amor, se tivesse sido estaria ao nosso lado, esse só nos serviu pra crescer e torarmos fortes...abraços amigo poeta, tenha um otimo final de semana, e acredito que o frio e a chuva que caem por ai estão te inspirando e isso é muito bom....força sempre.

Majoli disse...

Blue, já usei tantas vezes essas duas palavras, mas sempre em hora de dor.
E mesmo depois de tanto sofrer, ainda peço à Deus pra amar "pelo menos mais uma vez"...ou melhor, ser amada.

Linda sua poesia.
Beijos.