sábado, 8 de agosto de 2009

O amor em forma de grãos


A semente um dia foi plantada
No início muito regada
Com o tempo o chão foi secando
E a sementinha do amor foi murchando...

Não me deixe assim muito tempo
Pois com as longas noites de inverno
Muita falta teu calor me faz
Quero apenas no escuro da noite
Sentir a nossa semente mais uma vez germinar...

Mas se assim mesmo quiseres me deixar
Deixe o tempo passar
E se na hora que pensares em voltar
Talvez este grão em outras terras já foi brotar...

E tenha certeza que misturei coração e alma
Por isso esta paixão foi verdadeira
E se no escuro ainda penso em te encontrar
Foi por muito sonhar
Em lindas noites de luar...


14 comentários:

Ariana disse...

Lindo, fantástico, The Best!
O pedido foi realmente muito bem aceito.
Ficou perfeito!
Adorei!
E chega de elogiar senão estraga, rsrsrs.

Beijos e bom final de semana...com sol, espero.

Bela disse...

Quantos amores murcham e se perdem por falta de investimento, de atenção, pela sensação de dado adquirido...
O romantismo não é só para a arte de seduzir, é também um alimento para o amor não ficar esquecido.

Daniel Hiver disse...

Olá...
Cheguei aqui pelo atalho do blog "As vezes ceu azul"...
Bastante expressivo o que disse sobre "misturar coração e alma". Pessoas capazes de escrever, sentir e expressar isso, são de fato as melhores pessoas. As mais sensíveis, as mais verdadeiras.
Bom final de semana.
Daniel Hiver

Helô Müller disse...

Adorei a poesia, adorei a música, adorei a profecia "ao luar" !!! rs
Beijos enluaradosss !!!
Helô

Everson Russo disse...

Bom dia meu amigo poeta, hoje voce me fez cair da cadeira de rir com a frase, "a figuraça e suas encomendas expressas"...rs..rs...to rindo até agora, pois é, nossa blogmusa nos deu a inspiração pra mais uma madrugada, ficou maravilhosamente descrito seu amor em grãos, grãos que germinam, que florescem, que deixam o jardim perfeito e em cor, que nos fazem sonhar ao luar, nos fazem dançar a chuva, mas que quando vem a tempestade e devasta tudo, nos deixa com uma sensação de impotencia, de fraqueza, de falta, e esse jardim só pode mesmo renascer sendo regado com nossas lagrimas,,,,belissimo seu poema, com sempre toca no fundo do coração pela semelhança de nossa historia...forte abraço pra ti, otimo sabado, e por aqui tambem deixo um beijo a Menina Lu, Mentora intelectual do nosso post de hoje....

Luna Sanchez disse...

Hummmmmmm

Podemos espalhar sementes de amor em várias terras, por que não?

Beijo,

ℓυηα

paula barros disse...

É entre tantos simbolismos para o amor esse é bem significativo...
Grãos que nos alimentam quando verdadeiros. Grãos que fazem brotar outros grãos.

Gostei muito.

beijo grande

Majoli disse...

Blue, o que dizer de sua poesia...linda demais...

Amei esse pedacinho:
"E tenha certeza que misturei coração e alma
Por isso esta paixão foi verdadeira"

Beijos

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Blue, o segredo é regar o amor todos os dias... e quando se mistura coração e alma, ai é que fica bom.
Mas não pode exagerar na medida, pq excesso de água também, pode matar o amor.

É aí que mora o perigo... Qual será a medida certa?...


Bjs!


Bom final de semana!


=)

Katy disse...

...Hmm...será que brota em outras terras....será que brotará novamente???
Por enquanto só quero ficar quieta, no meu canto...rsrs....
Deixo o amor para os poetas e inocentes...para aqueles que acreditam que ele existe...
Beijinhos, meu querido!

Everson Russo disse...

Bom dia meu amigo, parabens pelo seu dia. concordo contigo, todos os dias são dos pais, todos os dias são pra serem vividos intensamente,,,forte abraço e tenha um domingo de paz...

Déia disse...

Que lindo! to encantada!!

bjinhos e bom domingo!

Palma da Mão disse...

Olá meu amigo, saudades já, e com a evolução das coisas, mesmo noutra parte do mundo, podemos estar sempre pertinho de quem nos faz sentir bem, mas não estando no meu refugio, no meu santuário, parece que me sinto ausente, divagando entre o mar e a areia, cuscuvilhando entre uma concha e um buzio, enfim, afinal estou aqui, à distância de um pensamento:)
beijinhos e obrigada pelo teu carinho

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta, onde está nosso poema de segunda? aquele que nos alimenta nas primeiras horas da semana...deixo te um forte abraço e o desejo que tenha uma semana de inspiração e paz....