quarta-feira, 22 de abril de 2009

Fotos

Com um clique
Tudo foi fotografado
Ainda tenho guardado
O afago...

Os seios
Matavam meus desejos
E ali minha boca iniciava
A procura das entranhas...

Quando o seio apalpava
Tremia de prazer
Era loucura, pois bastava um beijo
Para quase morrer de prazer...

Sonho noite e dia
E isso me da poesia
Penso com carinho
Nos seios
E no corpo de MULHER!

7 comentários:

Palma da Mão disse...

E que pensamento tão gostoso, transformado em poesia meu amigo:)
Beijinhos e obrigada pela visita
Liliana

Everson Russo disse...

Belissimo poema, corpo da mulher simplesmente escultura de beleza infinita, tela de pinceladas inexplicaveis, com toda certeza Adão era feliz e nao sabia lá no paraiso,mas enfim, sua poesia mais uma vez me remeteu aos grandes momentos daquela pessoa que tanto ainda me inspira e que há tanto tempo se foi e anexando a imagem suas palavras fazem a gente voar a um planeta ainda inexistente na galaxia, mas que nos traz saudades...forte abraço amigo poeta, tenha uma otima quarta...

Seline disse...

Deliciosamente sensual teu poema... palavras que despertam o prazer.
Doce beijo

Avassaladora disse...

Vc anda inspirado, amigo...rs
Lindo poema!
Extremante excitante...

Saudade tb.
Um louco feriadão por aqui...
Casamento de um irmão...
Quatro dias de festa....
Até abandonei meu blg...rsrsr
Hoje, tentando voltar ao normal!

Branca disse...

Lindo poema, bem sensual! A foto tá linda tb!


Boa noite...bjo!

paula barros disse...

Lembranças que se transformam em sonhos que se transformam em poema que se transformam .....

Essa é uma cadeia alimentar de boas imagens, de sonoridade, de palavras que tem eco...

Em quem ler, em quem olha, em quem sonha.....

abraços

Everson Russo disse...

Bom dia amigo poeta, que sua quinta seja pura poesia e paz no coração...abraços fraternos...