segunda-feira, 27 de abril de 2009

Coração maluco


Meu coração bate sem emoções,
Daqui a pouco não tem mais pulsações.
A cada dia mais fraco no meu peito,
Só falta dizer adeus, pois assim ele não leva jeito!

Digo a ele pra esperar mais um pouco,
Mas a pressa dele parece que é sempre assim.
Que poderei eu fazer sem ter ele batendo no meu peito,
A não ser deitar e descansar e deixar me enterrar?

Fácil é dizer que devemos viver o hoje,
Se não cremos nem no incerto dia de amanhã.
Vou deixando ele bater portanto agora,
No ritmo que ele bem entender, e que assim seja Amém!

8 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

Hoje amanhã e sempre: viver é preciso!

Seline disse...

Alguém disse um dia:
"O ontem é história, o amanhã um mistério, mas o hoje uma dádiva, por isso se chama presente"
Desejo-te novas emoções, que imprimam novo ritmo no bater do coração.
Beijo com carinho

Palma da Mão disse...

Blue,nem sei, achei lindo, mas como vivemos o hoje, se é nessa hora que ele bate desenfreadamente, é nessa hora que se lhe dá açimento, e fizeste-o aqui tão bem:)
Beijinhos e obrigada
Liliana

Everson Russo disse...

Todo coração que um dia viveu o amor de verdade é um pouco maluco, ou totalmente maluco, ele vive num mundo de sonhos, de esperanças e incertezas, muitas vezes queremos atitudes extremas e insensatas, mas ao coisas que só podem ser ditas por quem já amou, e quem já amou tem a capacidade de tão bem descrever o amor, assim como voce meu amigo poeta, belissimo poema...forte abraço e uma otima terça,,,
Ps, bom, voce sendo de de Curitiba, é isso mesmo né? e citando o verde, torce pro Coxa? é isso? ou errei? rs...

paula barros disse...

Mesmo que seja um poema que me passou tristeza, e que fale de um coração que bate sem emoção, eu ri com o título - coração maluco.

Gostei tanto, tanto, tanto.. coração maluco, está sempre pronto a destrambelhar de vez, bater no ritmo do samba, dançar um xote, um xaxado, um chorinho apressadinho, pode dançar valsa, pode até sapatear....coração maluco está sempre atento ao mundo, pescando emoções.

"Fácil é dizer que devemos viver o hoje". Sempre se fala assim, mas poucos vivem assim.

abraços, ótimo dia.

Helô Müller disse...

Esse coração de maluco não tem nada, ele sabe das coisas, isto sim !! Estava a bater bem forte em seu peito, quando escreveu essa bela poesia ... e vc nem percebeu !!
Parabéns pela sensibilidade de sempre !!
Bjus !
Obrigada pela constante presença lá no Blog !!

Luciana disse...

Aposto que é ele do Atlético Paranaense, Everson...
sobre o amor... está sempre azul, ainda que haja dias cinza...
está sempre no coração, mesmo que a dor o invada...
está sempre na mente, até que se consuma de desesperança...
É isso, me inspirei.

Gleiciane disse...

"Na vida...
cada curva é uma incerteza!
No mar...
cada onda é um perigo!
No jardim...
cada flor é uma beleza!
No mundo...
cada amigo é um tesouro!!!"

Bjinhos e uma linda Quarta!!