quinta-feira, 23 de abril de 2009

Desistir de lutar


Não vou desistir de lutar,
Enquanto correr sangue em minhas veias,
E meu coração bater por ti.

Não vou desistir de lutar,
Ao ver o sol todas as manhãs,
E me lembrar de ti.

Não vou desistir de lutar,
A cada noite que ao olhar as estrelas e a lua,
Eu ver uma cintilante estrela, pensando ser brilho teu.

Não vou desistir de lutar,
Pois mesmo havendo uma só folha no galho,
Outras um dia nascerão no mesmo lugar.

Não vou desistir de lutar,
Pois sei que preciso de ti,
Tanto quanto você de mim!

10 comentários:

Seline disse...

Não desista mesmo!
É o mais importante da vida... persistir vivendo, fazendo de cada atropelo uma lição, convertendo cada dor em fortalecimento, sem esquecer de guardar sorrisos e sonhos... nunca se sabe quando poderão ser precisos ;)
Beijo

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta, só de pé pode ser aplaudida sua poesia, isso é o amor, aquele que procuramos, que luta, que insisite, que sabe seu valor, que em tudo ao seu redor se ve, se envolve, se lança num infinito sem a menor noção do perigo, louco lucido, e que no final de toda essa luta, o guerreiro tenha os braços da amada pra descansar e aliviar a dor das feridas...forte abraço pra ti e uma otima quinta feira...

P.S. eu como novo usuario do blogspot,to aprendendo e adorando aos poucos, já tinha passado por aqui hoje, nao sei se já me viu no comentario abaixo, e visitando uma amiga em comum, vi nos links dela sua atualização e aqui estou de volta...show isso....

Fabricante de Sonhos disse...

Meu poeta!
Não desista mesmo... Nunca!
Enquanto houver amor, haverá esperança... E tentar sempre... Desistir? Jamais!

E não pare nunca de escrever, senão vou ficar triste tá?! rs

Lindo o poetar! Amei!

Beijo meu...

Fabricante...

Gleiciane disse...

Desistir nunca,mesmo!!
Devemos sempre tentar e tentar e não desistir nunca..

Bjinhos!!!

Palma da Mão disse...

Nunca desistimos de lutar, não é?Sabes meu amigo, às vezes, felizmente poucas, penso onde reside a nossa nobreza enquanto seres humanos, se na força com que lutamos, ou se na força de admitir-mos que perdemos...não sei, eu questiono-me tantas vezes, e sigo o dia a dia levando mais em conta a primeira, mas a vida tem-me ensinado tanta coisa...enfim, lutemos!
Beijinhos e obrigada pelo mimo
Liliana

Escrevendo na Pele disse...

Poesia linda e sublime, não desisitir e lutar para ter a mulher amada. Isso tá lindo! Bjs.

Daniela Figueiredo disse...

Vim agradecer à bela poesia que recebi pelo meu aniversário, amei! E pelo visto tens realmente o dom das palavras! Lindo poema, só damos valor para nossas conquistas quando lutamos por elas! Beijos, Blue!

Helô Müller disse...

Se desistirmos de lutar, estamos perdidos !! rs Bela foto, bela poesia, belo Blog, como sempre ! Um belo final de semana tb ! rs
Bjus !
Helô

Luciana disse...

Muito legal a sua poesia... retrata a força. Desistir de lutar é para os fracos (ou para quem se decepcionou muito)...
Uma ótima sexta pra ti.

Alberto Marques disse...

Lutar é uma escolha e tem um preço, se existe disposição, então não desista de lutar.